Na tarde deste sábado (23), o Corinthians empatou por 0 a 0 no último jogo da pré-temporada nos Estados Unidos, contra o Fort Lauderdale Strikers-EUA, equipe que tem como sócio o ex-jogador Ronaldo. Em contato com a imprensa no local do confronto, o Fenômeno analisou o momento de debandada do elenco alvinegro.

“Vamos ver o que vai acontecer no mercado. O Corinthians vendeu muitos jogadores e não anunciou a mesma quantidade. Vamos ver como vai começar, vamos esperar fechar o mercado também”.

Para o ex-atacante e ídolo do Timão, o desmanche no time do atual campeão brasileiro é reflexo, também, da crise econômica vivida pelo Brasil. De acordo com Ronaldo, a oferta que os jogadores recebem é muito sedutora.

Leia também:  Ronaldo é ovacionado pela torcida do Real ao participar de jogo de lendas

“A saída de jogadores é uma pena. A crise no Brasil é tão forte que afeta a todos. Se o jogador tem uma oferta financeira um pouco interessante, os clubes têm seu orçamento a cumprir e é muito difícil manter hoje, no Brasil, aquele jogador que se destaca”.

Por fim, Ronaldo ainda brincou sobre a possibilidade de voltar a atuar em eventuais partidas. Antes do amistoso, foi cogitado que o ex-jogador pudesse jogar pelo Strikers-EUA.

“Eu joguei tênis a semana inteira passada em Bahamas. Mas aí me machuquei, é a idade, amigo (risos). Eu Já corri muito, os rapazes hoje em dia correm muito, deixa para eles (risos)”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.