O Secretário Municipal de Saúde de Barra do Garças (MT), George Câmara Maia, está afastado de seu cargo por determinação do juiz Wagner Plaza Machado Junior, por não ter cumprido o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a readequação dos estoques de medicamentos da rede pública.

As irregularidades apontadas ao secretário é má administração dos estoques de medicamentos. O local de armazenamento dos remédios são pequenos e sua estrutura ainda está comprometida, com fiação exposta, buracos, presença de mofo e teias de aranha. Os remédios ficam expostos ao sol.

O secretário teve um prazo de 15 dias para arrumar as irregularidades dentro da secretária e em novembro de 2015 foi realizado uma revisão para ver se os problemas foram resolvidos, porém as irregularidades persistiam e com isso, ele foi afastado, sob pena de multa de R$ 100 diária.

Leia também:  Após quase 40 anos, escola estadual de Poconé terá quadra poliesportiva

Entretanto, a multa não afastou o secretário e o juiz Wagner Plaza entende, “restar evidente que o município tem se aproveitado, reiterando sua omissão injustificada no cumprimento das obrigações assumidas, já que lhe fora oportunizada por mais de duas vezes, a possibilidade de justificação. Assim, diante de total descaso com a determinação judicial, faz-se necessário a adoção de outras medidas que visem assegurar o resultado prático equivalente ao adimplemento da execução”.

E, portanto, foi emitido uma mandado para a Prefeitura de afastar o secretário em 24 horas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.