João José da Silva 1
Foto: José Antonio Araújo / AGORA MT

João José da Silva, 49 anos, suspeito de ter  participado  do  assalto  a  fazenda Jatobá na última  quinta-feira (21) em uma fazenda (leia aqui), foi  preso pela Polícia Civil e apresentado nesta tarde de quarta-feira (27). João estava escondido  em meio ao matagal próximo a comunidade do Gaúcho às margens da MT-130.

Segundo a Polícia ele foi capturado no momento que saiu do mato  para fazer uma ligação de celular para a esposa.  João  contou  que  ficou os seis dias  dentro do mato e que iria se  entregar, pois  passou fome e só tomava água de um córrego e quase foi picado por uma cobra boca de capanga.

Leia também:  Dupla é detida após roubar uma residência e tentar fugir com o carro da vítima

João  informou  que  estava  em casa  no bairro Primavera 3, quando  um dos  elementos  o chamou para  ir  buscar  algumas armas e acabou  indo  com os  bandidos, ao chegar na fazenda  João  percebeu que tinha  algo errado ao ver que um dos três  acusados  apontou um revólver  para as vítimas. “Eu  achei que era um acerto de contas antigo ou algo assim.  Não  imaginava  que  era  um roubo”, disse.

Durante  a  operação um dos  suspeitos conhecido como Índio morreu em confronto com a Policia Militar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.