Um traficante que movimentava quase R$ 30 mil por mês comercializando crack foi preso pela Polícia Judiciária Civil, no município de Canarana (MT), durante a operação para combate ao tráfico de drogas na região do Vale do Araguaia.

O suspeito, José Ilton, conhecido como “Baixinho”, foi preso nessa quinta-feira (21) em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes. Ele já tem passagem pelo mesmo crime no município de Nova Xavantina (645 km a Leste).

Conforme investigação da Polícia Civil, José Ilton estava há cerca de quatro meses na cidade e logo se tornou o maior e mais importante traficante da região, chegando a comercializar 500 porções de crack por mês.

Leia também:  Mulher morre e homem é baleado após discussão em Pedra Preta

Os indícios apontam que o José Ilton incentivava os usuários de crack a praticar furtos na cidade para manter o vício. Ele foi flagrado durante uma venda de droga para um usuário.

Em buscas na residência do traficante, os policiais civis localizaram uma máquina de lavar roupa nova, produto de furto e trocado por duas porções de entorpecente.

Participaram da ação os investigadores de polícia Luis Conrado e Valdivino Vital.

A operação “Carga Máxima” foi desencadeada pela Polícia Civil no interior do Estado, em 14 de janeiro, com o objetivo de reprimir vários crimes nas cidades de Mato Grosso, principalmente o tráfico de drogas, roubos, furtos e homicídios.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.