Foto: REUTERS/Darren Hauck
Foto: REUTERS/Darren Hauck

Uma violinista norte-americana que esqueceu um Stradivarius feito em 1727 e avaliado em US$ 2,6 milhões no compartimento de bagagem de um trem regional na Alemanha ficou “mais do que aliviada”, segundo a polícia, quando policiais conseguiram recuperá-lo um minuto antes da composição deixar a estação.

A mulher, que a polícia descreveu como na casa dos 20 anos, deixou o exemplar da edição “General Dupont Grumiaux” da famosa marca de violinos em um trem que ia de Mannheim para Saarbruecken, no oeste da Alemanha, na terça-feira.

Dando-se conta do lapso ao descer do trem, ela alertou a polícia. Um minuto antes do trem se dirigir de volta a Mannheim, a polícia encontrou o violino em uma última seção do vagão em que ela estava e devolveu o violino à mulher.

Leia também:  Confrontos entre grupos Islâmicos e forças do regime de Damasco deixa 150 mortos na Síria

Após checar que o instrumento estava intacto, ela “ficou mais do que aliviada”, disse a polícia em comunicado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.