Ao que tudo indica, Roberto Carlos não será o assistente de Zinedine Zidane no Real Madrid. De acordo com informações do jornal Sport, embora já parecesse certa a chegada do brasileiro para a comissão técnica da equipe da capital espanhola, o francês rejeitou a possibilidade, pois não quer nenhuma mudança que possa afetar a relação dos staffs merengues com o elenco principal.

O plano de Florentino Pérez era o de manter Roberto Carlos, ídolo do Real Madrid, contente. Dessa forma, poderia utilizá-lo para contratar Neymar, ainda mais após o ex-lateral ter admitido que conseguiria convencer o camisa 11 blaugrana a trocar de clube. Além disso, já teria uma alternativa pronta para o caso de Zidane fracassar no comando da equipe.

Leia também:  Diretoria do União deve apresentar equipe dia 14

Com isso, ainda para manter um bom relacionamento com o brasileiro, Pérez deve nomear Roberto Carlos como embaixador do Real Madrid na Ásia. Menos do que o pentacampeão do mundo esperava, mas suficiente para não manchar o vínculo que ainda tem com o clube em que viveu a melhor fase de sua carreira.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.