Uma das maiores reivindicações da população é por Segurança Pública e para combater a criminalidade em Rondonópolis (MT), foi instalado o serviço de videomonitoramento nas vias públicas, sob um custo de mais de R$ 1 milhão em 2009. Porém, alguns desses equipamentos não estão funcionando e nem tem data prevista para serem consertadas.

De acordo com a licitação 026/2009, foi pedido a instalação de 35 câmeras, dessas foram passadas a Secretária de Transporte e Trânsito a responsabilidade da manutenção de apenas 17 equipamentos, que custam cerca de R$ 17 mil por mês e apenas 16 estão em funcionamento.

Porém, as câmeras não podem ser consertadas por serem consideradas velhas, “o contrato de manutenção prevê o serviço em 17 equipamentos e o motivo de muitas não estarem funcionando é por conta dos equipamentos serem obsoletos”, disse o secretário municipal de transporte e trânsito, Argemiro Ferreira.

Leia também:  CDL entrega primeira remessa de doações para as entidades

O secretario ainda informou que os equipamentos não tem data para serem arrumados, pois segundo ele, não existe mais no mercado peças para a realização da manutenção, “para que os reparos sejam feitos, é preciso que uma nova licitação seja feita e novos equipamentos, mais modernos, sejam adquiridos”, relatou o secretário.

Aprovação do projeto

O videomonitoramento passou por aprovação na Câmara Municipal de Rondonópolis no dia 08 de julho de 2010. No projeto de Lei 08/10, foi relatado que o equipamento seria utilizado pela Polícia Militar, Civil, Federal, para o monitoramento, vigilância, para identificar infração criminal, inibir a criminalidade nos bairros e região e para serem usados em estratégias táticas dos policiais.

Leia também:  Taques vem a Rondonópolis amanhã inaugurar reconstrução de asfalto da Rodovia do Peixe

Pontos em que foram instalado as câmeras

Nos cruzamentos da Avenida Cuiabá nas esquinas com as ruas Otávio Pitaluga e Fernando Corrêa da Costa, Avenida Marechal Rondon, esquina com Rua 13 de Maio e Barão do Rio Branco; Avenida Bandeirantes, esquina com Rua Dom Pedro II e Fernando Corrêa da Costa e nos cruzamentos da Rua Dom Pedro II com Avenida Duque de Caxias, Fernando Corrêa, Presidente Médici entre outros.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.