Troca de comando regional do 5 BPM em Rondonopolis .Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
Troca de comando regional do 5 BPM em Rondonopolis .Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Em solenidade no auditório do Senai, aconteceu a troca de comando do 4º Comando Regional da Polícia Militar (CR4), com sede em Rondonópolis (MT), na manhã dessa segunda-feira (15). O atual, Coronel Márcio Thadeu da Silva Firme, passou o comando para o Tenente Coronel Edgar Maurício Monteiro Domingues. Thadeu irá assumir o comando no Médio Norte, em Água Boa (MT).

Cel PM Thadeu deixa o 5 BPM de Rondonopolis .Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
Cel PM Thadeu deixa o 5 BPM de Rondonopolis .Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

O Coronel Márcio Thadeu relatou que apesar do pouco tempo em Rondonópolis ele deixou várias amizades e uma atuação positiva no CR4. Ainda destacou as Operações 100 dias e a Impacto 3, como ações bem desenvolvidas sob seu comando. Além das 1.882 prisões de criminosos realizadas durante os nove meses em que ficou no comando do CR4.

Leia também:  Dois são detidos por traficar droga no Distrito Industrial

Thadeu ainda relata suas expectativas em assumir o Comando do Médio Norte, “toda mudança traz uma expectativa. Nunca trabalhei em Água Boa, mas o objetivo primeiramente é sentar com o pessoal de lá e fazer um conhecimento local e tentar implementar o trabalho que foi desenvolvido aqui”, disse.

Ten Cel PM Mauricio .Foto: Varlei Cordova/AGORA MT
Ten Cel PM Mauricio  – Foto: Varlei Cordova/AGORA MT

Já o Tenente Coronel Edgar Maurício Monteiro Domingues, que era comandante do 1° Batalhão da Região Central de Cuiabá, agora está assumindo o CR4, relatou que já tem novas mudanças que vão ser implementadas, “Toda missão nova requer paciência, mas estamos com novas ideias a serem desenvolvidas. Thadeu desenvolveu um bom trabalho e vamos dar continuidade no que já está sendo realizado aqui”, informou.

Leia também:  Armas e animais silvestres recém-abatidos são apreendidos

 

Deficiências, Concurso e mudanças na Segurança Pública

Coronel da PM Setúbal

O Coronel da PM Rhaygino Sarly Rodrigues Setúbal, que veio representando o Comando Geral da PM, relatou que este ano o objetivo é realizar 10 trocas de comando no Estado e ainda disse que a Segurança Pública está com uma deficiência, mas que o Governo está investindo, o que para ele irá causar transformações positivas na Segurança Pública de Mato grosso.

O Coronel Setúbal ainda disse que a principal deficiência da PM atualmente é o efetivo e ainda informou que com o Concurso, que será realizado ainda este ano, irá solucionar parte desse problema, mas de acordo com ele a Segurança Pública de Mato Grosso necessita mais do que os 1.200 policiais, que é o número previsto de vagas no seletivo, por isso, pode haver mais vagas a serem ocupadas, porém não se tem ainda um número certo.

Leia também:  Investigador tem documentos extraviados

Além do concurso, outras metas vão ser implementadas em Mato Grosso, “nós teremos mudanças de médio a longo prazo na Segurança Pública, como a implementação do cartão programa, novas motos, a formação de novos policiais, e novas unidades da PM, entre outras metas”, finalizou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.