Com a paralisação dos agentes prisionais, as visitas na penitenciaria Major Eldo de Sá Corrêa (Mata Grande) e na Cadeia Pública Feminina não será permitida nesse domingo (28) e na segunda-feira (29). O objetivo é fazer com que o Governador Pedro Taques realize o concurso.

Com a paralisação serão realizados apenas os serviços essenciais, como segurança, alimentação, medicamentos e audiências admonitória.

As visitas, banho de sol dos reeducandos, atendimento à advogado e oficiais de justiça, assistências penais e recebimento de presos não será permitido.

Os servidores penitenciários estão reivindicando melhores condições de trabalho, aquisição de mais colete a prova de balas, uniformes, armamento e viaturas. Além da realização do concurso que estava firmado desde setembro de 2015 para a realização em dezembro do ano passado e o edital ainda não foi lançado.

Leia também:  "A gente avisou sobre o fechamento da UTI Pediátrica" diz, direção da Santa Casa

Durante a paralisação, que será de 48h, a penitenciaria não irá receber presos, com isso a 1ª Delegacia de Polícia está aumentando seu efetivo para garantir segurança até a possibilidade de transferir todos indivíduos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.