Foto: Reprodução Rede Record
Foto: Reprodução Rede Record

Uma idosa de 61 anos foi torturada e estuprada por seu vizinho, na cidade de Guaratinguetá, região do Vale do Paraíba. O homem, que havia deixado a cadeia em novembro do ano passado, cometeu o crime por causa de R$ 5.

Cláudio Souza Alves entrou pelo quintal da casa e aproveitou um vidro quebrado para invadir a residência. Ele encontrou a mulher no quarto e pediu dinheiro.

De acordo com a filha da vítima, Alves teria ficado insatisfeito porque ela tinha apenas R$ 5 para entregar e torturou a idosa.

— [Ele] agrediu minha mãe. Falou que se saísse dali, matando ela ou não, seria preso, então não tinha nada a perder

Após as agressões, o suspeito amarrou o cabelo da vítima em seu braço e dormiu. A mulher ligou para seus familiares para pedir socorro. Quando os filhos chegaram ao local, ele já havia fugido.

Leia também:  Vendedora é demitida por justa causa por comer marmita de colega de trabalho

A idosa contou que o homem era seu vizinho e que o viu crescer. A filha também afirma que conhece o suspeito.

— Eu conheço ele desde quando ele tinha uns 14 anos de idade.

A professora teve ferimentos no corpo provocados por uma tesoura e seu rosto também foi bastante machucado. Ela está tomando coquetéis para prevenir doenças sexualmente transmissíveis.

Apesar da prisão do suspeito, a filha da vítima diz que continua com medo.

— Tenho medo de ele sair porque quando cumpre um terço da pena você pode cumprir em liberdade. E o nosso direito? É de ficar a mercê?

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.