Agnaldo Lira de Freitas Junior, 20 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira (09), em uma boate localizada no bairro Sagrada Família em Rondonópolis (MT). Segundo relatos, ele tentou se passar por Tenente da Polícia Militar para entrar de graça na festa.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, a PM recebeu uma ligação dando conta de que havia um tenente querendo entrar sem pagar e que o mesmo estaria causando confusão. Ao chegar ao local, testemunhas afirmaram que Agnaldo se envolveu em uma briga e disse aos seguranças se eles iam encostar em polícia e se iam mexer com ele. A todo momento ele se identificava como policial do estado de Mato Grosso.

Leia também:  Greve suspende visitas a presos em Rondonópolis

Já em entrevista ao oficial de serviço, segundo o BO, o suspeito começou a mudar a conversa afirmando que era militar do exército, dando inicialmente o nome Augusto de Moraes, mas afirmou que estava sem nenhum documento.

Depois ele começou a se confundir com as informações e foi encaminhado a 1ª Delegacia de Polícia onde foi identificado.

Em entrevista ao site AGORA MT, o jovem negou que tenha falado que era policial e que inclusive teria pago a entrada. Ele afirmou ainda que foi separar uma briga e por isso acabou sendo levado pelos policiais.

Foi instaurado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pelo Delegado de Polícia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.