Foto: Istock
Foto: Istock

Elas não compartilham apenas o fato de pertencer à família dos cítricos. Têm muito mais em comum. Pra começar, ostentam o mesmíssimo valor calórico. E ambas são ricas em fibras solúveis. “Essas substâncias retardam o esvaziamento do estômago e colaboram para o funcionamento do intestino”, afirma a nutricionista Salucha Dainez, do Oba Hortifruti, em Campinas, no interior paulista. Isso significa que você se sente satisfeito por mais tempo — o que evita ataques de gulodice.

“As fibras solúveis ainda desaceleram a absorção de glicose e colesterol”, completa a especialista. Agora sejamos justos: a mexerica tem vantagem aí, já que apresenta aproximadamente três vezes mais fibras do que a laranja. E esse não é seu único ponto forte. Afinal, ela é mais abastecida de vitamina C, um antioxidante poderoso. Já no quesito potássio, mineral que ajuda a relaxar os vasos, é a laranja que sai na frente. Mas não precisa ficar em conflito. Por que não revezá-las no dia a dia?
Fibras
Mexerica 2,7 g
Laranja 0,8 g
Energia
Laranja 37 cal
Mexerica 37 cal
Carboidratos
Laranja 8,9 g
Mexerica 9,3 g
Vitamina C
Mexerica 112 mg
Laranja 53,7 mg
Proteínas
Laranja 1 g
Mexerica 0,7 g
Potássio
Laranja 163 mg
Mexerica 125 mg
Placar saúde
Laranja 4  x  3 Mexerica
Advertisements
Leia também:  Teste do pezinho agora descobre a imunodeficiência primária

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.