O vereador licenciado e atual secretário adjunto de infraestrutura e logística do estado, Aristóteles Cadidé (PDT), parece realmente ser o “cara” do governador Pedro Taques (PSDB) em Rondonópolis, pois mesmo ainda não estando filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), parece que o Policial Rodoviário Federal, também licenciado, já está dando as cartas no partido do governador na cidade.

O fato é que em um entrevista concedida ao jornal A Tribuna neste sábado (20), Cadidé garantiu que o PSDB não irá coligar com o PT e nem com o PMDB, e declarou ainda, que o partido não tem certeza se lançará um nome para a disputa contra Percival Muniz (PPS) nas próximas eleições.

Leia também:  Nova onda na Câmara

Se a declaração tivesse sido feita pelo atual vice-prefeito Rogério Salles (PSDB) ou pelo vereador Rodrigo da Zaeli, que é o presidente municipal da sigla tucana, a afirmação com certeza teria outro peso, mas, em se tratando de uma pessoa quem nem filiado ainda é do partido soa um tanto quanto estranho, mesmo sendo sabido por todos, que Cadidé, irá migrar em breve para o ninho tucano.

Agora resta saber como a declaração do futuro filiado (Cadidé) irá soar junto a militância e aos dirigentes do partido, pois ela, vai “mexer” com a vaidade e o brio de alguns tucanos rondonopolitanos e pode ser encarada como intromissão na decisão alheia.

Como diriam os mais velhos… “Em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”.

Leia também:  Liminar cai e Valtenir será reconduzido ao cargo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.