Foto: assessoria
Foto: assessoria

A Polícia Judiciária Civil esclareceu seis de dez homicídios ocorridos na cidade de Cáceres (225 km a Oeste), no ano de 2016. Os crimes, segundo as investigações, não têm ligação entre si e estão motivados por brigas, ciúmes (passional), excesso de consumo de álcool e acerto de contas do tráfico de drogas.

O trabalho está inserido na operação da Segurança Pública, Carga Máxima, de combate a criminalidade no Estado.

De acordo com a delegada regional, Cinthia Gomes Rocha Cupido, foi montada uma força-tarefa das unidades de Cáceres para a elucidação dos crimes. Participam dos trabalhos policiais da Gerência de Investigações Gerais (GIG) da Delegacia Regional e a 1ª Delegacia de Polícia, onde estão concentrados os inquéritos, com apoio dos demais delegados do município.

Leia também:  Idosa é atropelada por motoqueiro na avenida Brasil

Dos homicídios dolosos esclarecidos, três autores estão presos e os demais com mandados de prisão decretados. Os presos Fabricio Julieber de Almeida Silva e Luís Eduardo Matias tiveram os mandados de prisão decretados pela Justiça. Os dois são apontados como autores de homicídio ocorridos no mês de janeiro deste ano. O suspeito Alisson Jordam de Oliveira Neves foi preso em flagrante pelo assassinato de Ronivan Santana, no dia 25 de janeiro, no bairro Nova Era, em Cáceres.

O preso Julieber é responsável por um homicídio, ocorrido no dia 12 de janeiro, em Cáceres, motivado por ciúmes, pelo fato dele não aceitar o fim do relacionamento com a vítima Adriely Grenda da Silva, 19 anos. O suspeito, Julieber, pilotou a motocicleta e na garupa estava um comparsa, apontado como executor dos seis tiros que mataram a jovem. O suspeito está foragido e com a prisão decretada.

Leia também:  Criança de 4 anos morre afogada em piscina durante excursão em balneário de MT

Já Luís Eduardo é acusado de matar Antônio Cícero da Silva, no dia 31 de janeiro, no Distrito de Caramujo, localizado no município. A arma do crime foi um facão utilizado no corte de cana de açúcar.

O último homicídio ocorreu no dia 8 de fevereiro, no bairro Monte Verde. A vítima Odinei Alves Pereira foi morta à facada. O crime está em investigação para identificar o autor, assim como outros três assassinatos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.