Foto: assessoria
Foto: assessoria

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, participou nesta quinta-feira (4), em Cuiabá, de uma reunião com prefeitos integrantes dos Consórcios Intermunicipais de Desenvolvimento de Mato Grosso. O objetivo foi ouvir as demandas dos gestores, que enfrentam dificuldades para concluir obras de infraestrutura nos municípios, como habitação e pavimentação.

Antes de atender os consórcios separadamente, Kassab se reuniu com todos os prefeitos e reconheceu a difícil situação financeira dos municípios. Mais de 120 gestores participaram da solenidade, realizada no auditório da Arena Pantanal. O ministro ressaltou que as prefeituras que não contam com o apoio governamental não têm como avançar devido à falta de recursos para investimento. “A realidade dos municípios é muito difícil. A receita mal dá para pagar o salário do funcionalismo. Não há saída para o Brasil que não seja  um novo pacto federativo”, afirmou. Ele destacou, ainda, que o problema do governo federal não são os recursos e sim bons projetos.

Leia também:  Decisão de Fux afasta conselheiros e muda comando do TCE

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, reiterou a necessidade do ministério interferir junto à Caixa Econômica para retomar a análise dos projetos encaminhados à instituição, visando a liberação de recursos destinados à infraestrutura urbana. “Os projetos equivalem a cerca de R$ 110 milhões que vão beneficiar 54 municípios”, afirmou. Neurilan frisou, ainda, que é necessário que os programas de habitação do governo federal cheguem aos pequenos municípios. Em Mato Grosso, mais de 100 cidades estão enquadradas como pequenas ou médias.

Em 2015 o presidente da AMM e prefeitos participaram de várias reuniões, em Brasília, com o ministro Kassab para solicitar a prorrogação de prazos e a liberação de recursos de convênios, que estavam em atraso. Outro assunto já tratado com o ministro foram os restos a pagar de 2013 e 2014, inerentes a emendas parlamentares.

Leia também:  Vereador Thiago Silva atende comunidade da Vila Mamed

Considerando a dificuldade dos municípios em elaborar projetos para captação de recursos para investimento, o governador Pedro Taques propôs a realização de um convênio com a AMM para melhorar e ampliar a elaboração dos projetos. O presidente da Associação vai se reunir com o secretário de estado das Cidades, Eduardo Chiletto, para tratar sobre o assunto. Taques destacou algumas obras necessárias nos municípios, como pavimentação urbana, saneamento, moradia, entre outros. “Peço ao ministro que atenda os prefeitos porque sabemos das necessidades dos municípios”, afirmou.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.