Foto: Filipe Matoso / G1
Foto: Filipe Matoso / G1

O presidente da Bulgária, Rosen Plevneliev, chegou ao Palácio do Planalto por volta das 11h desta segunda-feira (1º) para se reunir com a presidente Dilma Rousseff. Ele passou em revista às tropas militares e foi recebido por ela na rampa principal do palácio.

Esta é a primeira visita oficial de um presidente búlgaro ao Brasil desde que Dilma assumiu a Presidência, em janeiro de 2011. No país europeu, ela ficou conhecida em 2010, quando foi eleita presidente, em razão de suas origens. O pai de Dilma, Pedro Rousseff, nasceu em Gabrovo, cidade na região norte da Bulgária.

De acordo com a Presidência, o principal foco do encontro entre Dilma e Plevneliev é a assinatura de acordos de cooperação entre os dois países. Após chegar à sede do Executivo federal, o presidente búlgaro seguiu com Dilma para a uma reunião.

Leia também:  Trump chega na Flórida após fim de furacão para se encontrar com vítimas e calcular danos

Ainda nesta segunda, os dois farão um pronunciamento à imprensa e almoçarão juntos no Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores.

Segundo o Planalto, há a expectativa de que eles abordem o tema da imigração de refugiados para o continente europeu. De acordo com o governo federal, este é um tema que “interessa muito” à presidente da República. Em discurso na ONU, a petista disse que é um “absurdo” impedir o livre trânsito de pessoas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.