Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Seis presos fugiram da Cadeia Pública de Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá, na manhã de domingo (31). De acordo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh-MT) os presos aproveitaram que a parede do banheiro de uma das celas estava úmida e fizeram um buraco para poder sair. Desses seis detentos, dois foram recapturados até o momento.

Segundo a secretaria, a chuva que atinge a cidade há vários dias pode ter contribuído para o dano na parede da cela de onde os presos fugiram. Conforme a Sejudh, os agentes penitenciários fizeram buscas durante o domingo e devem prosseguir a procura pelos fugitivos nesta segunda-feira (1º). Várias denúncias de moradores foram feitas a Sejudh.

Leia também:  Estado arrecada quase R$ 5 milhões de impostos para transporte de madeira

“Os seis presos furaram a parede com pedaços de ferro e fugiram. Vamos investigar se existe algum tipo de facilitação na fuga, mas aparentemente os agentes não tiveram participação”, comentou o delegado Ramiro Queiroz. De acordo com o delegado, os agentes podem ser responsabilizados criminalmente caso haja envolvimento na fuga.
Até a manhã desta segunda-feira quatro presos continuavam foragidos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.