Foto: Gerson Lima / assessoria
Foto: Gerson Lima / assessoria

Na contramão da crise econômica que tomou conta de 2015 e parece que não dará trégua em 2016, o grupo paranaense Madero ignora o “mau agouro” e planeja investir R$ 100 milhões na abertura de 33 novos restaurantes em todo o Brasil este ano – 25 containers e 8 steak houses. Dentro desse valor, R$ 3,9 milhões serão investidos em três unidades em Mato Grosso, nas cidades de Rondonópolis, Sinop e Lucas do Rio Verde. Cada operação custa em média de R$ 1,5 milhão a R$ 4,5 milhões.

O novo restaurante em Vila Velha (ES), por exemplo, começará a funcionar em junho. Já, o segundo de Brasília começará em julho e o primeiro do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, começará a operar em abril. Em Mato Grosso as unidades, têm previsão de abertura para o segundo semestre deste ano, e serão na versão Madero Container. A atenção do chefe Junior Durski também está voltada para a expansão internacional. Com uma unidade recém-inaugurada em Miami, Junior já prepara para desembarcar em mais dois países: Sidney (Austrália) em dois endereços (junho e setembro), e Doha (Qatar).

Leia também:  Economia cresce 0,7% este ano diz Banco Central

Hoje, com mais de 60 restaurantes em operação no Brasil, a rede Madero, em 2015, consumiu 1.200 toneladas de carnes sendo 6 milhões hambúrgueres. Faturou no ano passado, R$ 334,5 milhões somando os restaurantes e a fábrica. O crescimento foi 56,1% maior que 2014. Para este ano, a meta é ousada: crescer 40% seu faturamento.

O empresário Junior Durski tem se preparado para alcançar grandes números em 2016. No final do ano passado, investiu R$ 28 milhões na fábrica na região de Ponta Grossa – PR. O projeto é atingir a marca de 200 restaurantes em operação até 2018. A fábrica tem capacidade instalada para produzir mensalmente 440 toneladas de hambúrguer, 120 toneladas de carnes porcionadas e 100 toneladas de embutidos.

Leia também:  Captação de leite registra queda de 10,3% em MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.