Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

No Rio de Janeiro um rapaz desempregado, que faz serviços de taxista em meio período para pagar seu aluguel na Ilha do Governador, Zona Norte, encontrou uma mala com equipamentos de fotografia, avaliados em R$ 140 mil.

Na última quinta-feira (11), Laércio Aquino foi surpreendido quando deixou dois passageiros no Aeroporto Santos Dumont, no Centro. Quando subiram novos passageiros ele percebeu que os anteriores tinham esquecido uma mala no carro.

Ele começou então uma peregrinação para encontrar o dono.

Antes de publicar a foto da mala perdida em uma rede social, o taxista deixou o outro passageiro na Urca, voltou para o Santos Dumont atrás dos donos do equipamento. Não achou.

Leia também:  Não se contentando em furtar, bandidos deixam escritório de arquitetura incendiado em MS
Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

De madrugada publicou uma mensagem no Facebook. De manhã, um colega encontrou alguém que se identificava como o dono. Era de São Paulo.

Laércio fez questão de entregar pessoalmente a mala, para ter certeza de que era o passageiro que havia levado no taxi.

O passageiro paulista agradeceu e o presenteou Laércio com um livro: “O poder da Kabala”. Dentro dele havia outro presente.

“Quando abri o livro, percebi que tinha o valor do meu aluguel”.

Ele lembra que educação e honestidade vieram de berço.

“Eu entregaria [a mala] por nada. O que me motivou a me devolver foi minha índole. O que recebi da minha mãe cultivo até hoje e passei para o meu filho. Tenho 52 anos, não sou mais garoto. Na minha vida quero ter só o que é meu”, finalizou.

Leia também:  Brasil criou mais de 34 mil empregos em maio
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.