O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso convida os eleitores com 18 anos completos e em situação regular com a Justiça Eleitoral a auxiliarem na realização das Eleições 2016 atuando como mesários voluntários. Para a realização do pleito eleitoral são necessários aproximadamente 25 mil colaboradores.

A presidente do TRE, desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas, destaca que é possível a convocação de mesários, mas o que se busca é obter a adesão espontânea e consciente de todos. Ela destacou que todo o processo eleitoral é seguro e transparente, realizado sob a fiscalização dos partidos políticos, da Ordem dos Advogados do Brasil e do Ministério Público. Mas que a participação espontânea dos eleitores contribui para ampliar ainda mais o nível de confiança de todos. Por isso a importância desta oportunidade de participar da realização das eleições.

Leia também:  Prazo de inscrição de chapa para eleição de bairros termina sexta-feira

Além de poder contribuir com a democracia, o eleitor que trabalha como mesário, coordenador de local de votação ou componente de junta apuradora obtém alguns benefícios. Entre as vantagens estão dois dias de folga para cada dia convocado pela Justiça Eleitoral, ou seja, dois dias pelo treinamento, dois dias referentes ao dia da eleição no 1º turno e dois dias pelo 2º turno, caso haja.

O mesário também recebe auxílio alimentação no dia do pleito uma certidão de que prestou serviço à Justiça Eleitoral. Esta certidão é aceita como critério de desempate em alguns concursos públicos e em algumas universidades como comprovante de atividade curricular complementar.

Leia também:  Prefeitura de Cuiabá estima 3 mil motoristas trabalhando como "Uber" na capital

No caso de servidor público, a Lei n. 4.737/65 assegura que o cidadão que prestou serviços à Justiça Eleitoral no dia do pleito poderá utilizar este trabalho como critério de desempate em caso de promoção da carreira.

Inscrição

O interessado pode se inscrever por telefone ou pessoalmente, em qualquer cartório eleitoral do município onde vota, mas a preferência é que se voluntarie na zona eleitoral onde está inscrito. No título eleitoral consta a zona eleitoral à qual o eleitor pertence.

O eleitor também pode se inscrever pelo site do TRE-MT, na aba Eleições 2016/Mesário Voluntário. Ou acessando o link http://www.tre-mt.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/mesario-voluntario .

Após fazer o cadastro é só aguardar o contato da Justiça Eleitoral.

Leia também:  Taça de chocolate com calda de morango

Vedações
Não podem ser mesários: os eleitores menores de 18 anos; os candidatos e seu cônjuge e parentes até o segundo grau (mãe, pai, filho, filha, avô, avó, neta, irmão e irmã, mesmo por afinidade (sogro, sogra, genro, nora, cunhado e cunhada); os membros de diretórios de partidos políticos caso exerçam função executiva e as autoridades e agentes policiais, bem como os funcionários no desempenho de cargos de confiança do Executivo e os que pertencem ao serviço eleitoral.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.