Foto: assessoria
Foto: assessoria

A recuperação das rodovias MT-358 e MT-246, que ligam o município de Tangará da Serra (239 km a médio norte de Cuiabá), aos municípios de Barra do Bugres (168 km de Cuiabá) e Jangada (90 km de Cuiabá), respectivamente, estarão entre as obras prioritárias do programa Pró-Estradas em 2016.

Em reunião na manhã desta sexta-feira (12.02), o vice-governador Carlos Fávaro recebeu as demandas de recuperação do asfalto desta região das mãos do presidente do Sindicato Rural de Tangará da Serra, Vanderlei Reck Júnior, e do deputado estadual Wagner Ramos. O pró-estradas é a maior ação de obras de construção, reconstrução e manutenção de rodovias de Mato Grosso.

“Estas são rodovias muito importantes para todo o noroeste do Estado. Vamos discutir junto à pasta de Infraestrutura a melhor opção para atendermos o pleito, beneficiando a população com melhoria na qualidade de vida e levando o desenvolvimento os municípios”, pontuou o vice-governador, que deve se reunir com o secretário de estado de Infraestrutura, Marcelo Duarte, para tratar do assunto.

Leia também:  Deputado Gilmar Fabris é afastado e PF cumpre mandado de prisão

O presidente do sindicato Rural conta que, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística do Estado (Sinfra-MT), a recuperação do trecho que liga Tangará da Serra a Barra do Bugres já está praticamente concluída, no entanto, uma nova etapa deve ser iniciada para avançar no restante da região noroeste, que está em difícil situação de tráfego.

Também esteve entre as pautas do deputado Wagner Ramos, que devem ser discutidas com a Sinfra, a pavimentação da MT-339, que liga Tangará da Serra a Salto do Céu (371 km a Oeste); MT-240 que liga Santo Afonso (280 km a Médio Norte) a Tangará da Serra; e a MT-358 que vai de Tangará a Reserva do Cabaçal (387 km a Oeste).

Leia também:  Prefeito recebe diretores e encaminha demandas da Educação

Só em 2015, o Governo do Estado concluiu 554 quilômetros de asfalto no primeiro ano de administração. Deste total, 375,9 quilômetros são referentes às obras de construção de novas rodovias e 178,1 de reconstrução de qualidade do antigo pavimento, que encontrava-se deteriorado devido à falta de manutenção em anos anteriores.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.