O ex-secretário de Fazenda de Mato Grosso, Marcel de Cursi, teve o pedido de liberdade negado mais uma vez pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Essa é a 3ª vez que ele tenta a liberdade pelo STJ e recebe a negativa.

Cursi foi preso em consequência da Operação Sodoma, por supostas fraudes em incentivos ficais no montante de 2,5 milhões. A decisão da negativa foi tomada pelo Ministro Ericson Maranhão, desembargador convocado do Tribunal de Justiça de São Paulo na noite desta segunda-feira (29).

Marcel também coleciona derrotas em pedidos de liberdades em todas as instâncias. O ex-secretário está detido desde o dia 15 de setembro e já sofreu duas derrotas perante a esfera estadual para obter a liberdade.

Leia também:  Tudo que vem, volta

Além de Marcel, o ex-chefe do Executivo, Silval Barbosa, e o ex-secretário da Casa Civil e de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Pedro Nadaf, estão detidos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.