A balança comercial do estado de Mato Grosso (MT) registrou um aumento de 35,8% em janeiro do ano corrente em comparação com o mesmo período de 2015. No total o superávit foi de US$ 718 milhões. A informações são do balanço da conjuntura econômica divulgada pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Já as exportações totais nominais caíram 29,6%, tendo em vista a diminuição do preço médio de alguns produtos, como é o caso do milho, principal item exportado. Nas exportações feitas, em janeiro, por Mato Grosso, os cereais representam US$ 422 milhões, queda de 30% em relação a dezembro, mas foi 13% maior que em janeiro de 2015.

Leia também:  Estoque de empregos nos laticínios registrou queda de 0,28% em MT

Os negócios com resíduos das indústrias alimentares, mês passado, foram de US$ 170 milhões, representando 6% a mais que em dezembro e 18% superiores se comparado com janeiro do ano anterior. A venda externa de algodão resultou em US$ 86 milhões, queda de 34% em relação a dezembro mas foi 61% maior que em janeiro de 2015. Carnes e miudezas, resultaram em US$ 75 milhões, queda de 34% em relação a dezembro passado.

Ainda conforme o Imea, o valor bruto da produção da soja em MT subiu, em 2016, 13%. O valor do milho aumentou 4%. Do algodão, o aumento foi de 26% e do arroz 1%.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.