Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP
Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP

O americano Gordon Lake e seu marido, o espanhol Manuel Valero, participaram de uma audiência nesta quarta-feira (30) em Bangcoc, na Tailândia, em uma disputa pela guarda da filha, que nasceu em janeiro do ano passado de uma barriga de aluguel.

A briga começou depois que a mãe de aluguel, a jovem tailandesa Patidta Kusonsrang, se recusou a assinar os documentos necessários após o nascimento da bebê chamada Carmen. Sem os papéis, o casal não pôde deixar o país asiático com a criança.

Os dois homens, que vivem na Espanha, passaram os últimos 14 meses em Bangcoc lutando pela guarda da menina. A Justiça tailandesa deve anunciar uma decisão final sobre o caso no dia 26 de abril.

Leia também:  Jorge Glas, vice-presidente do Equador é preso por propinas da Odebrecht

O casal tem outro filho que nasceu de uma barriga de aluguel na India. Enquanto Lake e Valero estão na Tailândia brigando pela guarda de Carmen, o outro filho está sendo cuidado pela irmã de Valero na Espanha.

O país asiático era destino popular de casais estrangeiros que buscavam mulheres para serem barrigas de aluguel. No entanto, após um casal australiano abandonar um bebê gerado no país por ter nascido com síndrome de Down, a lei foi alterada.

Em fevereiro de 2015, o governo tailandês aprovou uma lei proibindo casais estrangeiros de contratar barrigas de aluguel no país. Mas a defesa do casal Gordon Lake e Manuel Valero sustenta que a filha nasceu antes de a lei entrar em vigor.

Leia também:  EUA e Coréia do Sul causam clima de tensão com exercícios militares
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.