O circuito estadual de tênis foi ampliado em 143% na quantidade de torneios, na comparação com o ano anterior. A instituição responsável por organizar a modalidade, a Federação Mato-grossense de Tênis (FMTT), aumentou de sete para 17 etapas. Com o objetivo principal de obter maior participação do interior. E o calendário mostra que as sedes serão Cuiabá, Sinop, Alto Araguaia, Nova Xavantina, Canarana, Barra do Garças, Primavera do Leste e Rondonópolis.

De acordo com o presidente da FMTT, Rivaldo Barbosa, o circuito mato-grossense incorporou torneios que existiam, mas não eram oficiais, não tinham chancela da FMTT e, por isso não valiam pontos para os rankings estadual e nacional. Segundo Barbosa, a federação entrou em contato com os organizadores dessas competições, apresentou a ideia de um circuito unificado, que manteria os nomes próprios e as tradições desses torneios e os gestores apoiaram o arranjo.

Leia também:  União precisa vencer para ficar com título do sub-19

“O circuito estadual está em novo formato. Foi reformulado e terá outra dimensão. Um maior volume de partidas e de cidades envolvidas. No ano passado foram cinco torneios em Cuiabá e duas fases no interior. Neste ano serão nove na capital e oito nas demais cidades. E todos vão valer a mesma pontuação. Isso significa que vencer um torneio na capital ou no interior valerá a mesma quantia de pontos. O que tornará a disputa ainda mais acirrada”, explica o presidente.

Conforme Barbosa, os tenistas mato-grossenses, federados e não federados, vão contabilizar pontos no ranking estadual. Já no ranking brasileiro, as regras são diferentes, só registrarão pontos aqueles que forem federados em nível estadual e nacional e estiverem com o cadastro em dia com a FMTT e a CBT (Confederação Brasileira de Tênis). E, em tempo, tenistas de outros estados podem disputar os torneios, mas sem acesso ao ranking.

Leia também:  Meninas do vôlei vencem a primeira em Cuiabá

Calendário

O primeiro dos 17 torneios do circuito mato-grossense de tênis ocorreu no mês passado, de 25 a 28 de fevereiro, chamado de 1ª Copa Monte Líbano de Tênis, realizado no Clube Monte Líbano, em Cuiabá. E que teve como campeão da Classe principal, a 1ª Classe, Gabriel Santos. O garoto (18 anos) venceu na final o vice-campeão de 2015, Lucas Lima (30 anos) com placar de dois sets a zero e parciais de 6/2 e 6/3. Com o resultado, Santos sai na liderança do ranking.

O segundo dos 17 torneios vai ocorrer neste mês, de 18 a 20 de março, nomeado Torneio de Tênis de Alto Araguaia, está na 13ª edição, as inscrições estão abertas até dia 12 e será sediado pela Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Alto Araguaia. E, conforme a organização, o campeão da 1ª Classe receberá prêmio de R$ 1.500,00. Da 2ª e 3ª Classes um kit esportivo e nas demais troféus. Para mais informações pelos telefones 66-9903-9181 ou 66-3481-1488.

Leia também:  MT | Inscrições para Circuito Estadual de Tênis encerram nesta segunda

O terceiro torneio será sediado pelo Círculo Militar de Cuiabá, terá início no dia 29 de março e termino em 03 de abril, na capital. As inscrições para todas as competições poderão ser feitas pelo site da Federação Mato-grossense de Tênis. Para o segundo torneio já estão abertas, mas para o terceiro ainda não.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.