O caso do cabo aposentado da Polícia Militar (PM) de Jaciara (MT), Ivanildo Feitosa, foi enviado para a Corregedoria da Polícia Militar de Cuiabá, ontem (03), onde irá iniciar uma investigação sobre sua abordagem a um ônibus escolar na tarde da quarta-feira (02), na BR-364.

Segundo informações passada pelo Comandante Regional da Polícia Militar, tenente-coronel Maurício, o

PM do lado de fora do veículo: Foto: Reprodução
PM do lado de fora do veículo: Foto: Reprodução

cabo é aposentado e trabalha na guarda patrimonial do Fórum de Jaciara (MT).

O tenente-coronel afirmou, que o cabo Feitosa registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra o motorista da Van, onde relata que o motorista supostamente fechou sua moto na rodovia, quando ele foi pedir para o homem descer do transporte coletivo reconheceu o sujeito e disse que já teve um atrito há anos com o mesmo. Segundo ele, o motorista se negou a descer da Van e entregar a chave, com isso ele atirou no pneu do veículo para impedi-lo de seguir viagem.

Leia também:  Três são presos após assalto à agência dos Correios em Juscimeira

Nesse momento ele informou que pegou sua moto e foi até a delegacia registrar um Boletim de Ocorrência contra o sujeito e fez o exame de corpo de delito, já que com a fechada do veículo seu cotovelo ficou ferido.

O motorista da Van ainda não se apresentou a Polícia, o caso foi passado para a Corregedoria da PM, já que o cabo é aposentado e somente a Corregedoria pode abrir uma investigação.

O caso

Segundo informações da PM, o cabo tinha ido a Rondonópolis buscar uniformes e quando estava voltando para Jaciara (MT) uma Van que estava cheia de universitários que iam de São Pedro da Cipa (MT), para Rondonópolis (MT), fechou sua moto na BR-364.

Leia também:  Trio é preso em hotel por porte ilegal de armas e tráfico de drogas

Ele fez a abordagem ao veículo e o motorista se negou a descer do ônibus, os universitários que estavam no veículo ficaram assustados com a ação e uma jovem chegou a filmar o ocorrido.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.