Foto: assessoria
Foto: assessoria

A equipe de voluntários da Defesa Civil de Rondonópolis promoveu no sábado (12) a limpeza das margens do Rio Vermelho, no trecho localizado na Vila Canaã. A ação coordenada por Erimar Bezerra teve a parceria da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), de empresas ligadas ao meio ambiente e de locação de caçambas que atuam na cidade.

De acordo com Erimar um caminhão de lixo foi recolhido do local. Limpeza de terrenos baldios também foram realizadas paralelamente. Os voluntários promoveram ainda a conscientização dos moradores, com orientação e distribuição de panfletos educativos. A proposta foi de estimular as pessoas a manterem os quintais limpos. O que vai ajudar a combater o mosquito Aedes aegypti que é transmissor da dengue, da chikungunya e do zika vírus.

Leia também:  Atacadão deve reinaugurar nos próximos dias em Rondonópolis

“Orientamos que as pessoas mantenham limpa a Área de Proteção Permanente – APP, devido a importância que ela desempenha em proteger e manter os recursos hídricos, conservar a diversidade de espécies de plantas e animais, e controlar a erosão do solo e os consequentes assoreamento e poluição dos cursos d’água. Vistoriamos também diversos quintais e constatamos alguns focos do mosquito”, conta Erimar.

Em dois cursos realizados pela Defesa Civil, foram preparados 106 voluntários. Eles já participaram de diversas ações na cidade, como a limpeza do Ribeirão Arareau, entrega de cobertores em comunidades de baixa renda, e arrecadação de água para as vítimas de Mariana (MG), além de mutirões de combate ao mosquito da dengue realizados pela Secretaria de Saúde.

Leia também:  Plano de Desenvolvimento Institucional é tema de workshop realizado na Prefeitura

“Os voluntários também estão trabalhando em parceria com o trabalho da Rotary Clube e da Associação de Moradores do Bairro Bom Pastor, na embalagem de sementes de crotalária. As sementes embaladas vão ser distribuídas entre os moradores da cidade como alternativa para combater o mosquito Aedes aegypti. Outras ações já estão programadas para que esses voluntários continuem contribuindo com a cidade”, conclui Erimar Bezerra.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.