Dois homens autores de um homicídio foram presos na manhã de domingo (06), pela Polícia Judiciária Civil, no município Canarana (823 km a Leste), na operação “Civil na Carga Máxima” deflagrada em todo Estado, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Os suspeitos, Marco Antonio Pereira, 19, e Jhony da Silva Oliveira, 21, foram descobertos durante ação da Polícia Judiciária Civil da cidade, e autuados em flagrante delito por homicídio qualificado.

O crime bárbaro aconteceu na madrugada de sábado (05). A vítima Pedro Nonato da Silva, 55, foi morto a golpes de faca, pauladas e pedradas. O caso chocou os moradores de Canarana pelo fato da vítima ser uma pessoa simples e querida por todos da região.

Leia também:  Corpo de homem em decomposição é encontrado embaixo de ponte em Rondonópolis

Conforme apurado, os envolvidos estavam em uma festa na hípica da cidade, quando a vítima acabou se desentendendo com o suspeito Marco Antônio. Após o evento, por volta das 03 horas da madrugada, a dupla surpreendeu e matou o senhor Pedro, no momento em que ele cuidava de um galpão, local em estava guardado o restante das bebidas da festa.

Os dois suspeitos foram identificados nas investigações e horas depois da ação criminosa foram presos pela equipe da Polícia Civil.

Conduzidos à Delegacia de Polícia, ambos acusados foram interrogados pelo delegado de polícia Deuel Paixão de Santana, e confessaram o crime. Em depoimento, eles contaram os detalhes de como planejaram e executaram o homicídio que barbarizou a sociedade de Canarana.

Leia também:  Investigação de inteligência da PM leva a prisão de homem por falsidade ideológica

Participarão da ação os policiais civis, Vital e Paulo Henrique, coordenados pelo delegado de polícia Deuel Paixão de Santana.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.