As escolas estaduais de Sorriso aderiram ao protesto nacional da rede pública em prol da melhoria do ensino. Hoje (16), e amanhã (16), será realizado um trabalho de conscientização, já na quinta-feira (17), as escolas estarão paralisadas.

A novidade é que em maio, a categoria deverá deliberar por uma nova greve, mas dessa vez por tempo indeterminado.

Segundo o presidente da subsede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Sorriso, professor Edivaldo Mazolini, as escolas estaduais de Sorriso estão com uma série de problemas de infraestrutura, algumas não tem quadras poliesportivas e onde tem não há cobertura.

Ele afirmou ainda que em todas as unidades há problemas, o que vem interferindo no aprendizado escolar.

Leia também:  Colisão entre carreta e carro deixa três pessoas mortas na BR-163
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.