Foto: reprodução
Foto: reprodução

Quando Xena: A Princesa Guerreira foi ao ar, lá em 1995, um dos destaques da trama era o leal relacionamento entre a protagonista (Lucy Lawless) e Gabrielle (Renée O’Connor). Mas muitos fãs perguntavam se havia algo além de amizade entre as duas personagens. E vários momentos da série pareciam indicar um possível romance… Agora, não é preciso mais usar a imaginação.

Respondendo perguntas no tumblr, o roteirista Javier Grillo-Marxuach (Lost) deixou claro que pretende abordar o relacionamento entre as duas protagonistas no reboot de Xena.

“Não há nenhuma razão para trazer Xena de volta, se não for com o propósito de explorar plenamente um relacionamento que só conseguia ser subentendido durante sua primeira exibição na década de 1990. O seriado também trará a minha visão do mundo, o que não é muito difícil de saber qual é, se você pesquisar”, declarou ele.

Leia também:  Rico e Lázaro | Após ser acusada de bruxaria, Joana é condenada à morte
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Javier Grillo-Marxuach também é roteirista de The 100, série da The CW que apresenta um relacionamento lésbico e chocou seus fãs com uma tragédia, no último episódio.

Viva a representatividade! O reboot de Xena deverá ser em formato de minissérie, com 8 a 13 episódios. Lucy Lawless e Renée O’Connor não vão reprisar seus papeis, mas podem ser convidadas para participar da nova série.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.