A presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), desembargadora Maria Helena Póvoas, e o diretor geral, Felipe Biato, parabenizam as medidas adotadas pela 45ª Zona Eleitoral de Rondonópolis, que visam reduzir seus gastos neste ano de 2016. Na semana passada, a desembargadora solicitou o apoio de todos os cartórios para a contenção de despesas, após drástico corte orçamentário sofrido pela Justiça Eleitoral mato-grossense, tanto no orçamento destinado à realização da eleição quanto no orçamento ordinário de manutenção do Tribunal.

Na Secretaria do Tribunal foram adotadas diversas medidas para a contenção de gastos, nas áreas de consumo de energia elétrica, impressão de documentos, fretamento de aeronaves, passagens terrestres, participação em capacitações, impressão de materiais gráficos de divulgação, realização de eventos etc.

Leia também:  Reunião discute reativação do Rede Cidadã em Rondonópolis

“Agradecemos o apoio e parabenizamos iniciativas como esta do juiz Wladymir Perri”, disse a desembargadora Maria Helena Póvoas.

Em Rondonópolis foram 11 ações editadas pelo juiz eleitoral Wladymir Perri, todas voltadas para a contenção de despesas. “Diante desta situação do TRE-MT, nós já começamos a fazer a nossa economia. O propósito é realizar o pleito municipal deste ano sem maiores problemas e com os recursos que vão estar à nossa disposição”, explicou o magistrado.

Dentre as orientações do magistrado está a que determina aos servidores que efetuem impressões ou cópias somente quando estritamente necessário, sempre usando o recurso frente/verso. O mesmo cuidado deve ser adotado com o uso da telefonia.

No caso das correspondências, elas devem ser acumuladas durante a semana, sendo encaminhadas ao TRE-MT em um envelope único. Os aparelhos de ar condicionado que já tenham muitos anos de uso devem ser trocados por equipamentos mais econômicos.

Leia também:  Estão abertas as inscrições de seletivo para a contratação de professores

No campo propriamente das eleições, as principais mudanças foram a suspensão das vistorias dos locais de votação. Estas checagens serão realizadas por telefone ou outros meios de comunicação eletrônica, evitando gastos com deslocamento e diárias.

A diplomação dos candidatos eleitos pelo município de São José do Povo, jurisdicionada pela 45ª Zona Eleitoral, será feita em Rondonópolis, a fim de evitar gastos com deslocamento de servidores até aquela cidade.

A notificação de escolas como locais de votação também será por mensagem eletrônica, evitando-se gastos com os correios. Não haverá locação de espaços para apuração do resultado e nem reuniões com os candidatos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.