Reprodução
Reprodução

O presidente e o primeiro-secretário da Gaviões da Fiel foram agredidos a poucos metros do Fórum Criminal da Barra Funda, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira (2). Como mostrou o SPTV, eles tinham acabado de sair de uma reunião com o promotor de Justiça Paulo Castilho, para discutir a violência das torcidas.

O presidente da Gaviões, Rodrigo de Azevedo Lopes Fonseca, conhecido como Diguinho, e o primeiro-secretário, Cristiano de Morais Souza, o Cris, saíram mais cedo do encontro. Quando estavam chegando no estacionamento de um supermercado ali perto, foram agredidos pelas costas com barras de ferro por pelo menos três pessoas.

Segundo testemunhas, os agressores não usavam camisas de torcida. Cris está internado no hospital Santa Isabel, em Higienópolis, com vários dentes quebrados. Diguinho teve os dois braços fraturados e ainda não se sabe para onde foi levado.

Leia também:  Circuito de Tênis começa nesta quarta em Cuiabá

A Polícia Militar suspeita de uma emboscada. Os agressores ainda não foram identificados.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.