Segundo dados divulgado hoje (22) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), Mato Grosso está acima da média nacional e é o 5º estado com mais incidência de morte com mulheres e o País tornou o campeão mundial de assassinatos.

O estudo analisa a evolução da violência provocadas por armas de fogo, violência policial, assim como homicídios de afrodescendentes, de mulheres e jovens.

Na analise mostra que o Brasil bateu seu recorde de homicídios em 2014. Foram 59.627 registros no ano, número que representa mais de 10% dos homicídios registrados no mundo.

Os dados foram contabilizados entre os anos de 2004 a 2014 e foi somente divulgado nessa terça-feira (22). No estudo mostra que a taxa de homicídios no Brasil tem diminuído nas grandes cidades e aumentado no interior, sendo que das 20 microrregiões mais violentas, 16 estão no Nordeste. Porém, no nordeste também possui 7 das 20 microrregiões mais pacíficas do Brasil.

Leia também:  Oito casos de tráfico de pessoas para trabalho escravo é registrado em MT

Mato Grosso só teve aumento no número de homicídio com mulheres, sendo que ficou em 5º lugar dos 18 estados que estão acima da média nacional de 4,6.

Roraima lidera o ranking com média de 9,5, depois vem Goiás com 8,8, Alagoas (7,3), Espírito Santo (7,1), Mato Grosso (7,0), Sergipe (6,5), Rondônia (6,4), Mato Grosso do Sul (6,4), Ceará (6,3), Pará (6,1), Rio Grande do Norte (6,0), Paraíba (5,7), Acre (5,4), Rio de Janeiro (5,3), Paraná (5,1), Pernambuco (4,9), Bahia (4,8) e Amapá (4,8).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.