O deputado estadual Ondanir Bortolini (Nininho) confirmou que irá deixar o Partido da República (PR) para se filiar ao Partido Social Democrático (PSD) que atualmente é comandado em Mato Grosso pelo vice-governador Carlos Fávaro. O ato de filiação está previsto para ocorrer nesta sexta-feira (11) com a presença do presidente nacional da sigla, o ministro Gilberto Kassab.

Essa decisão ficou acertada após a “janela” que se abriu no dia 3 deste mês, onde políticos podem trocar de Partido sem perder o mandato. A janela ficará aberta durante 30 dias.

Além de Nininho, os deputados Wagner Ramos e Mauro Savi também estão planejando deixar o PR. Ramos deve seguir o mesmo caminho de Nininho e se unir ao PSD, já Savi deve trocar o PR pelo PSB. Isso refletirá na Assembleia Legislativa, já que com a saída dos deputados o PR perde o ‘posto’ de maior bancada.

Leia também:  Base de Pátio rachada na Câmara de Vereadores
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.