A nomeação do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) como novo ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República provocou protesto na Praça 8 de Abril, na região central de Cuiabá, no início da noite desta quarta-feira (16). A manifestação foi convocada pelas redes sociais após a confirmação, por parte do Palácio do Planalto, da nomeação de Lula. De acordo com a Polícia Militar (PM), cerca de 100 pessoas se reuniram na praça.

Foto: Cristina Mayumi/TVCA
Foto: Cristina Mayumi/TVCA

Com cartazes, faixas, bandeiras e bonecos infláveis com caricaturas de Lula (conhecido como “pixuleco”) e da presidente Dilma Rousseff (PT), os manifestantes se reuniram por volta das 18h30 na Praça 8 de Abril, localizada em frente à sede do Ministério Público Federal (MPF) em Mato Grosso.

Leia também:  Inscrições do concurso público da UFMT já estão abertas

O protesto em Cuiabá seguiu outras manifestações no país, como a de Brasília (em frente ao Palácio do Planalto), a de São Paulo (na Avenida Paulista) e em outras capitais.

Nas redes sociais, a manifestação foi convocada instantes após a confirmação da nomeação do ex-presidente e depois da divulgação de conversas telefônicas mantidas no início da tarde entre ele e a presidente. Um dos banners de convocação para o protesto foi do Movimento pela Ordem, ligado à Maçonaria.

Foto: Cristina Mayumi/TVCA
Foto: Cristina Mayumi/TVCA

Entre as palavras de ordem gritadas pelos manifestantes em Cuiabá estão “Fora PT, fora Dilma, fora Lula” e “Viva Sérgio Moro”. Provocados pelos manifestantes, motoristas que passavam pelas ruas no entorno da praça produziam um buzinaço.

Leia também:  Cirurgias da Caravana da Transformação são prorrogadas até sábado (12)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.