Reprodução
Reprodução

O prefeito de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, Roberto Ângelo de Farias (PMDB), sofreu uma tentativa de assalto na casa dele, nesta quinta-feira (3), e se escondeu no banheiro para conseguir chamar a polícia durante a ação criminosa. De acordo com o prefeito, é a segunda vez em uma semana que a casa é alvo de assaltantes. Três suspeitos foram detidos pela polícia, sendo um deles um adolescente de 15 anos.

Segundo o delegado Wiliney Santana de Borges, os criminosos entraram pelos fundos da residência. Farias teria percebido a movimentação e se deparado com um grupo de assaltantes. Seriam entre três a quatro ladrões que invadiram o local.

“Eles adentraram pela área dos fundos, que dá acesso pelo rio, cortaram a cerca elétrica, tiveram acesso ao quintal da residência. O prefeito acordou pela manhã e se deparou com os elementos na área externa, dos quais, ao visualizarem o prefeito, acabaram indo armados em sua direção com facas e armas brancas, ele foi trancando diversas portas com o intuito de se abrigar e se proteger desses indivíduos. Eles arrombaram diversas portas, na tentativa de alcançá-lo”, relatou o delegado.

Leia também:  Chega ao 3º dia as buscas pelo avião desaparecido com casal e filho

Enquanto fugia dos assaltantes por dentro da casa, o prefeito conseguiu se trancar no banheiro e chamar a polícia. “Estamos em busca dessas outras pessoas. Queremos saber se são os mesmos elementos [do outro assalto], que, dessa vez, utilizaram de violência”, afirmou Borges.

Os criminosos teriam consumido droga e bebida alcoólica na casa do prefeito. Farias disse que temeu ser morto na tentativa de assalto.

“Eu abri a porta e vi que a porta dos fundos estava arrombada. A casa estava toda revirada. Eu fui até a área externa e me deparei com eles. Vieram em disparada ao meu encontro, eu fui passando pelo corredor e eles foram arrombando as portas, gritaram que iam me matar. Me tranquei no banheiro e liguei para a polícia. Só não arrombaram [a porta] porque a segurei. Isso pode acontecer com qualquer um”, disse o prefeito ao G1.

Leia também:  Em 2017, Mato Grosso registrou quase 44 mil focos de incêndio

Os policiais chegaram na casa do prefeito e conseguiram apreender um dos assaltantes ainda no local. Farias disse que são os mesmos assaltantes que invadiram a casa dele na última semana.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.