Uma menina de quatro anos foi pendurada pela própria professora para fora do prédio da escola, no segundo andar, por ter jogado uma garrafa de plástico pela janela. Uma jovem que presenciou o “castigo” ficou apavorada e decidiu gravar a cena. O caso aconteceu na Escola Municipal Rabin Gambogi, em Boa Esperança, no sul de Minas.

Foto: Record Minas
Foto: Record Minas

Jéssica Lima é prima da criança e presenciou a cena:
Fui pegar minha menina na creche e quando passo aqui vi a professora jogando a menina pra fora, chacoalhando e falando que era para ela pegar o litrinho de água. A menina pegou e ela a jogou para dentro de novo. Achei o cúmulo.

A família registrou boletim de ocorrência. Segundo o documento policial, a professora disse que não buscou a garrafa porque não passaria pela janela, e por isso segurou a estudante.

Leia também:  Caminhão com frango congelado tomba e população saqueia o alimento

Tia da garota, a vendedora Lilian Forzan estava no trabalho quando recebeu a foto da menina pendurada pelo celular. Ela chamou a polícia e o Conselho Tutelar.
— Estava trabalhando e fiquei muito nervosa. Vi que a professora a colocava para fora da janela. Achei um absurdo. Quero deixar um alerta para todas as mães que têm crianças lá.

O diretor da escola afirma que estava em outra sala no momento do “castigo” e que a atitude da professora será investigada:
— A gente não sabe ao certo o que aconteceu, mas está sendo apurado juntamente com o Conselho Tutelar.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.