Foto: assessoria
Foto: assessoria

O que é qualidade no ensino superior para você? Essa pergunta foi feita para oito pessoas que possuem alguma graduação ou cursam alguma universidade de Mato Grosso. Dentre as respostas estão: professores mais qualificados, bons laboratórios, estrutura física adequada para cada curso, metodologia de ensino mais dinâmica, aulas 100% presenciais e aliar teoria com prática.

Esses requisitos citados pelos entrevistados são os mesmos avaliados pelo Ministério da Educação (MEC) com visitas in loco, ou por meio de exames, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e em rankings educacionais como o da Folha de S. Paulo.

“Um ensino superior de qualidade é a garantia da formação de um bom profissional que seja preparado e qualificado para o mercado de trabalho. Uma boa universidade tem que ter os principais requisitos de qualidade estruturais e didáticos e dispor do tripé de educação superior que são Ensino, Pesquisa e Extensão e aulas 100% presenciais garantindo a qualidade de ensino do curso”, expõe Daniella Veyga, membro da União da Juventude Socialista (UJS).

Outra acadêmica alia qualidade a “excelência no ensino, estrutura da unidade, assistência estudantil oferecida”.

“Acredito que a qualidade está associada à professores bem qualificados e que gostam do que fazem. Investimentos das instituições de ensino em infraestrutura. Teoria associado a prática. Instituições de ensino voltados também a pesquisa pra aplicação na prática”, sugeriu a pedagoga Débora Cândido.

Leia também:  Livro traz ampla discussão sobre sustentabilidade no manejo florestal
Foto: assessoria
Foto: assessoria

Os resultados de pesquisas e avaliações das universidades brasileiras estão disponíveis nos sites das instituições avaliadoras. Este ano, resultados de novas avaliações do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), realizado pelo MEC atestou que o melhor curso de Educação Física do Brasil está em Mato Grosso, mais precisamente no Centro Universitário de Várzea Grande (Univag).

Outro destaque nacional do Univag é a terceira melhor graduação de Fonoaudiologia do país, que é a melhor no estado e no Centro-Oeste com nota máxima nas avaliações do Ministério.

No Centro-Oeste, o Centro Universitário aparece como a segunda melhor graduação de Agronomia e Ciências Biológicas. E os cursos Engenharia de Alimentos e Serviço Social estão entre os cinco melhores da região.

Falando de Mato Grosso destacam-se como as melhores do estado as graduações em Agronomia, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos e Sistema da informação. E como os segundos melhores os cursos: Ciências Biológicas, Letras e Pedagogia.

As avaliações do MEC avaliam os cursos com notas de 1 a 5. Nessas ponderações o Centro Universitário possui as melhores notas do estado. A maioria dos cursos possuem notas 4 e 5.

Leia também:  Mais de duas mil carteiras aguardam a retirada no Sine Matriz

Guia do Estudante

52 estrelas divididas em 16 cursos. Desta forma que o Univag foi avaliado pelo Guia do Estudante da Editora Abril, que afere as graduações de todo Brasil, individualmente, e chancela as instituições como as melhores universidades do Brasil.

Ciências Contábeis, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Pedagogia receberam quatro estrelas na avaliação. Já Administração, Agronomia, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia de Alimentos, Odontologia, Publicidade e Propaganda, Serviço Social e Sistemas de Informação ganharam três estrelas cada um.

Dentre os critérios avaliativos está a qualidade do corpo docente, projeto pedagógico inovador e a melhor estrutura do estado. “É um importante indicador de qualidade para o acadêmico e o reconhecimento do nosso trabalho. Nossa meta é ter todos os cursos estrelados e ampliar o número de estrelas dos já avaliados”, afirma o vice-reitor do Centro Universitário, Flávio Foguel.

O Guia do Estudante é uma publicação da Editora Abril, que avalia cursos de bacharelado e duas licenciaturas, Educação Física e Pedagogia. Por meio do site (guiadoestudante.abril.br) mostra informações detalhadas sobre os cursos de graduação, pós graduação e ensino a distância, o mercado de trabalho, as áreas de atuação, dicas sobre como passar pelo vestibular e em qual universidade estudar. A publicação também promove eventos para estudantes e prêmios para os melhores cursos e universidades do Brasil. Para as universidades o selo é considerado um importante avaliador de qualidade.

Leia também:  Seduc vai avisar os pais por meio de SMS quando alunos faltarem à aula

Alguns fatores diferenciam o Univag de outras instituições privadas de ensino superior. A organização didático-pedagógica, corpo docente e estrutura. Os laboratórios são montados com o que há de mais moderno no mercado.

O estacionamento é gratuito e amplo com capacidade para mais de 5 mil carros. E aulas práticas que começam desde os primeiros semestres. A Clínica Integrada e o Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) garantem oportunidade de estágio, que juntos fazem mais de 15 mil atendimentos de saúde e jurídicos para a comunidade a cada semestre.

“O posicionamento estratégico do Univag é alicerçado na qualidade. Sistematicamente, temos trabalhado por uma posição de excelência no estado de Mato Grosso e na região Centro-Oeste. Nossa filosofia educacional é inovadora, buscando formar um profissional que seja protagonista de seu aprendizado e trajetória profissional. Temos a melhor estrutura física de Mato Grosso, os melhores laboratórios, a melhor biblioteca. Nossos professores são em sua ampla maioria mestres e doutores, com experiência no mercado de trabalho”, garante o vice-reitor.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.