Reprodução
Reprodução

Um leão solto que vagava por uma rua de Nairobi, no Quênia, em um horário de grande movimento pela manhã feriu nesta sexta-feira (18) um homem, o terceiro caso similar em um mês, indicou o serviço queniano de flora e fauna.
“As pessoas buzinavam e faziam selfies, deixando o leão agitado”, explicou Paul Udoto, porta-voz do serviço de flora e fauna do Quênia (KWS). O homem de 63 anos foi levado a um hospital e seu estado é estável.

Trata-se de um leão do Parque Nacional de Nairóbi, uma reserva de 117 quilômetros quadrados cercada por uma cidade que não para de crescer e que já tem três milhões de habitantes. O parque não está completamente cercado para permitir que os animais migrem em busca de pasto.

Leia também:  Novo medicamento anti-HIV é aprovado nos EUA

“O leão está de volta são e salvo e nossas equipes seguem em terra para o caso da existência de outros que não tenham sido localizados”, indicou Udoto.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.