Divulgação
Divulgação

Após um recém-nascido ter sido abandonado pela mãe em uma bolsa pendurada em um muro em Seropédica, Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro (RJ), três supostos pais já procuraram a conselheira tutelar Wanes Duarte, que acompanha o caso, para reivindicar a guarda. Eles serão encaminhados ao Ministério Público para fazerem exame de DNA.

O bebê foi encontrado, ainda com cordão umbilical, pela professora Anderléia Ferreira. Ela achou que haviam abandonado um gato em seu portão. Desesperada, pediu ajuda aos vizinhos que chamaram a polícia. Os agentes levaram o recém-nascido para a maternidade do município, onde ele foi chamado de Gabriel.

A mãe da criança foi identificada e encaminhada para a delegacia de Seropédica (48ª DP). O bebê seria o sexto filho da jovem de 26 anos.

Leia também:  Delegado é baleado por policiais militares ao ser confundido por bandido

Segundo Wanes, os familiares da mãe não sabiam que ela estava grávida. Após o resultado do exame de DNA, que será realizado com os três homens que se apresentaram como pai, a Justiça vai determinar quem ficará com o bebê.

De acordo com os vizinhos, foi uma surpresa muito grande descobrir que a mulher havia abandonado um filho. Segundo eles, as outras cinco crianças são bem tratadas.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.