Welerson de Oliveira Dias - Foto: Junio
Welerson de Oliveira Dias – Foto: Junio Garcia / AGORA MT

Welerson de Oliveira Dias, “Oliveira Dias” como é conhecido, é pré-candidato a prefeito pelo Partido Solidariedade.  O Partido que conta com um vereador eleito, Bernardo Patrício dos Santos, que também é presidente da legenda e que apostará em candidatura própria sem coligações.

Segundo Bernardo, “O solidariedade é um Partido novo, estamos com uma proposta nova, Oliveira é um menino novo, com vontade de fazer com que Alta Floresta se desenvolva. Nos acreditamos nele com objetivo de fazer o melhor. Existe dois grupos políticos no município, PDT e PMDB que brigam entre si. Nós do Solidariedade teremos a bandeira de Alta Floresta. É nisso que acreditamos.”

A postura do apresentador, frente ao programa “Olho Vivo” desperta atenção das pessoas. Conhecido por não medir palavras ao dirigir-se a políticos, e por ter afirmado que não tinha pretensões politicas, terá grande desafio pela frente. O eleitor André fala sobre essa questão, “a postura dele, de falar mal de alguém e no mesmo momento falar bem é contraditório, pra mim não serve! Ele exagera em alguns aspectos, aumenta de mais as coisas.” Outra pessoa ouvida, que acompanha o programa e que é eleitora da cidade, Katia, indaga, “Sinceramente, nada a declarar. Acho que é uma pessoa que não tem histórico politico. Se fosse pra vereador seria diferente. E outra, ele se contradiz muito no que fala.”

Leia também:  Thiago Silva questiona cobranças abusivas em taxas praticadas por cemitérios

O apresentador, por sua vez, afirma que sua candidatura faz parte de um projeto do Partido, “Um projeto que independente do resultado de 2016 terá continuidade. O objetivo é mudar o cenário político local.” Segundo ele a polarização PMDB e PDT que dura mais de dez anos é prejudicial para o município.

Nos últimos 12 anos, Alta Floresta foi dirigida por algum político desses partidos. “A ideia é fazer, que surja, em Alta Floresta uma nova geração política, o município hoje está dividido, e o povo não tem opção. Quando surge outra via os dois grupos acabam seduzindo a entrar em seus partidos. Isso deve acabar.”

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.