Reprodução
Reprodução

Um centro de umbanda e candomblé no Bairro Santa Laura 2, em Cuiabá, foi invadido por vândalos, que, além de destruírem objetos usados em cultos, também furtaram alimentos e botijões de gás da cozinha do local. Segundo a presidente do Centro Espírita Virgem Imaculada da Conceição, Andréia Araújo, o crime foi descoberto nesta terça-feira (8). Ela avalia se tratar de intolerância religiosa.

“Nessa região tem aproximadamente 30 igrejas evangélicas e por que só a nossa ter esse tipo de ato? Queremos saber qual a linha de investigação da polícia, já que desde o ano passado foram quase 40 invasões e até agora ninguém foi preso. Estamos pedindo socorro”, declarou Andréia.

Leia também:  MPE promoverá painel sobre Conversão Agroecológica e Produção Sustentável de Grãos na APA das Nascentes do Rio Paraguai

Depois de várias invasões, o centro investiu em segurança. Foram instaladas câmeras e reforçadas as estruturas das portas. No entanto, como não conseguiram arrombar as portas, os criminosos quebraram as paredes. “Temos dois barracões aqui, um de umbanda e de candomblé. Eles quebraram a parede, entraram no barracão, pegaram fios que usamos na umbanda, arrebentaram, jogaram no chão”, contou Andréia.

Foto: Andréia Araújo/ Arquivo pessoal
Foto: Andréia Araújo/ Arquivo pessoal

As câmeras não gravaram a cena. Os equipamentos foram desligados pelos criminosos durante a ação.
Já no barracão do candomblé, os criminosos não conseguiram entrar. Tentaram abrir a porta usando uma chave micha, mas a chave quebrou. “Tive que chamar um chaveiro para abrir a porta. Eles subiram no local onde estamos construindo uma cozinha. Eles arrebentaram a parede, fizeram um buraco, levaram dois botijões de gás, pegaram a carne que usamos para cozinharmos aos finais de semana”, relatou.

Leia também:  Detran aponta que excesso de velocidade é a infração mais cometida em MT

Também foram levados bebidas e balinhas usadas nos rituais do centro. “É uma casa para ajudar a comunidade, mas como praticar o amor e a caridade com tanta violência”, desabafou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.