Reprodução
Reprodução

Os setores público e privado venezuelanos paralisarão as atividades entre os dias 19 e 27 de março, para reduzir o consumo de eletricidade e água no país, afetado por uma seca provocada pelo fenômeno meteorológico El Niño. A paralisação está prevista no decreto assinado pelo Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e foi divulgado hoje (16).

“Tomei a decisão (devido à emergência) de declarar toda a Semana Santa, desde o sábado, 19 de março, até ao Domingo de Ressurreição, 27 de março, como dias feriados não laboráveis para todos os trabalhadores públicos do país e para toda a educação nacional, para todos os estudantes de liceus e universidades”, disse Maduro no final de uma marcha de apoio ao seu regime, em Caracas.

Leia também:  Médico é acusado em mais de 100 crimes sexuais no Reino Unido
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.