Acusado de aplicar vários golpes no município de Sinop e também em cidades dos estados do Maranhão e Rondônia, Adriano Alves de Oliveira, foi preso na sexta-feira (15),  por policiais da Delegacia da Polícia Civil. Ele aliciava pessoas desempregadas com falsas promessas de emprego em obras das usinas hidrelétrica da região.

O suspeito abordava as vítimas nas filas no Sistema Nacional de Empregos (Sine) e oferecia trabalho nas usinas.Mas para isso a vítima tinha que pagar uma taxa de  R$ 300 a R$ 900, para o alojamento. Estima-se que com essa conversa, o golpista tenha lucrado mais de R$ 35 mil.

O delegado Flávio Braga informou que cerca de 35 vítimas caíram no golpe. Quinze já  15 já procuraram diretamente a Delegacia para fazer o registro  do boletim de ocorrência e outras 20 mantiveram contato via telefone.

Leia também:  PM reage a assalto e atira contra suspeitos; um é preso

Segundo o delegado,  o golpista dizia que tinha facilidades com os gerentes das usinas e pedia para as vítimas fazerem os depósitos na conta de seu irmão em Rondônia.

A Polícia Civil espera que vítimas possa comparecer a Delegacia e formalizar denúncia contra o golpista.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.