Passeata com os alunos na rua notificando ao combate com a dengue na Escola Gisélio da Nobrega 02 - Foto : Varlei Cordova / AGORA MT
Passeata com os alunos na rua notificando ao combate a dengue na Escola Gisélio da Nóbrega  – Foto : Varlei Cordova / AGORA MT

Os alunos da Escola Municipal Gisélio da Nóbrega foram além da teoria nas aulas sobre o Aedes aegypti e saíram às ruas da Vila Mamed na manhã desta terça-feira (26), em Rondonópolis (MT) colocando em prática o projeto “Todos contra o mosquito transmissor da dengue”.

O objetivo do projeto é conscientizar a população e combater o mosquito que transmite a dengue, o vírus da zika e o chikungunya.

Os alunos usaram cartazes e fantasias para demonstrar a batalha contra o mosquito - Foto : Varlei Cordova / AGORA MT
Os alunos usaram cartazes e fantasias para demonstrar a batalha contra o mosquito – Foto : Varlei Cordova / AGORA MT

As crianças e adolescentes demonstraram a necessidade das medidas preventivas para o bem estar social através de mensagens escritas em cartazes como “Fora dengue”, fantasias do mosquito transmissor, soldados prontos para o combate, gestantes com a zika, entre outros.

Passeata com os alunos na rua notificando ao combate com a dengue - Foto : Varlei Cordova / AGORA MT
Passeata com os alunos na rua notificando ao combate com a dengue – Foto : Varlei Cordova / AGORA MT

De acordo com a diretora da escola, Márcia Araújo Brito, durante a passeata os estudantes distribuíram sacos de lixos para os moradores como forma de incentivar na coleta dos materiais que contribuem para a proliferação do mosquito.

Leia também:  Agosto Dourado | Hora do Mamaço: É preciso valorizar o aleitamento materno

“Estamos organizando demarcação de pontos, onde os moradores irão depositar todo o lixo que possa servir de criadouro para o mosquito da dengue. Nós fizemos uma parceria com a equipe da Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis (Coder), onde eles irão passar depois para recolher os lixos nos pontos demarcados”, explica a diretora.

Os alunos saíram às ruas em forma de conscientizar os moradores - Foto : Varlei Cordova / AGORA MT
Os alunos saíram às ruas em forma de conscientizar os moradores – Foto : Varlei Cordova / AGORA MT

Ainda conforme Márcia, existe uma certa preocupação com as mães gestantes, já que existe a possibilidade das crianças serem futuros alunos da Escola. “Nos preocupamos com essas crianças. Daqui a quatro anos elas estarão nas nossas escolas também e queremos elas saudáveis” conclui a diretora.

Outras ações serão desenvolvidas durante o ano, como palestras, estudos das estatísticas, confecções de maquetes com ambientes propícios à reprodução do mosquito e sem os mosquitos, entre outras atividades.

Leia também:  Crescem em 40% as vendas de passagens de ônibus em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.