Tenente coronel Edgar Mauricio _ Foto: AGORA MT
Tenente-coronel Edgar Mauricio – Foto: AGORA MT

Antipatia em pessoa, essa foi a impressão que teve quem participou da reunião entre os servidores da Santa Casa e o comandante do 4º Comando Regional, tenente-coronel Edgar Maurício. O momento que era para os colaboradores explanaram sobre a falta de segurança no local acabou se transformando em um ‘clima de guerra’.

Ao iniciar a fala, o comandante já deixou bem claro que não estava satisfeito em estar ali e que tudo isso era sim uma perda do tempo precioso dele, como se os colaboradores tivessem a obrigação de saber como é feita a distribuição do 5º BPM. “Vocês sabem pelo menos que essa área pertence a uma companhia específica? Não era eu que tinha que estar aqui, vocês nem tem conhecimento e nem sabem de quem cobrar. Não temos bola de cristal que nos mostra onde e quando vai acontecer um assalto”, disparou o comandante aos funcionário que buscavam uma saída.

Leia também:  Atuante

Uma das colaboradoras até tentou ajudar e saber se não havia a possibilidade de um policial ficar na instituição, já que ela tem parceria com o SUS, mas o tenente-coronel foi categórico e respondeu rispidamente “Você sabe de quantas reuniões eu participo por dia e quantos me pedem isso?” atacou.

Muitos dos presentes se espantaram com a grosseira do comandante e preferiram nem fazer perguntas para não levar má resposta.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.