Quatro dias após o lançamento de seu mais novo álbum, “Lemonade” – que contou com um especial de 12 clipes inéditos exibidos na HBO – Beyoncé deu início a “Formation Tour’ na noite desta quarta-feira, com um show em Miami. A primeira parte da turnê terá 41 apresentações até o começo de agosto, nos Estados Unidos e na Europa.

No show, Beyoncé cantou vários de seus principais hits, como “Formation”, “Sorry”, “Run the world”, “Baby Boy” e “Crazy in love”. Jay-Z, marido da cantora, foi fotografado pouco antes do show, mas, ao contrário do que muitos fãs esperavam, o rapper não subiu ao palco. No entanto, a Beyoncé dedicou a romântica “Halo”, música que encerrou a apresentação, a ele.

Leia também:  Gosto quando dizem que sou caso de marketing': 20 minutos na presença de Anitta

“Eu quero dedicar esta música ao meu lindo marido. Eu te amo tanto. Blue (filha do casal), eu tabmém te amo demais”, disse a cantora, que ainda homenageou o músico Prince, morto na semana passada, cantando “Purple Rain”. “Obrigada por sua linda música”, disse.

Mesmo antes de começar, o concerto já estava nos trending topics do Twitter, muito em função de um forte trabalho de divulgação nas redes sociais, em resposta a um boicote convocado por sindicatos policiais e políticos da ala mais conservadora dos Estados Unidos.

A ação foi motivada pela apresentação de Beyoncé no SuperBowl deste ano, onde a cantora e seu balé se vestiram como o movimento “Panteras Negras”, que lutou contra o raciismo nos EUA a partir dos anos 1960.

Um vídeo publicado por Beyoncé (@beyonce) em

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.