Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Quem nunca chegou ao fim do dia com a sensação de que só precisava deitar e descansar com as pernas para cima? Afinal de contas, elas sofrem com o vai e vem do dia a dia. O que nem todo mundo sabe é diferenciar essa fadiga normal do cansaço constante. Principalmente se acompanhado de outros sinais, ele pode indicar problemas sérios e causar complicações.

Independente da origem do problema, é necessário estar sempre atento e procurar um médico assim que surgirem os sintomas. A falta de tratamento e a persistência dos sinais pode prejudicar a sua qualidade de vida.

Possíveis causas do cansaço constante nas pernas

A sensação de cansaço constante nas pernas pode ser o resultado de um ou mais fatores variados. As principais causas que desencadeiam o problema são devido a complicações nas artérias e veias, mas também pode indicar doenças cardíacas.

Leia também:  Rótulos de certas águas de coco não são confiáveis, diz Proteste

Cerca de 80% dos casos de pernas cansadas surgem devido ao mau funcionamento do sistema venoso, que po­de acabar causando as indesejáveis varizes. As mulheres são as mais afetadas, principalmente em fases de alterações hormonais, como a gravidez e a menopausa.

Isso é motivado por dificuldades de drenagem sanguínea relacio­nadas ao estado das veias e à insuficiência das válvulas presentes no seu interior, afetando especialmente os membros inferiores. Além da sensação de cansaço, pode ocorrer a presença de dor, inchaço nos pés, cãibras e comichão.

A falta de tratamento pode resultar em complicações sérias, como as flebotromboses, que representam o entupimento das veias com sangue coagulado, além de úlceras varicosas, que causam um aumento de pressão exercida pelo sangue sobre a pele.

Leia também:  Criança com HIV não tem mais sinais do vírus mesmo sem remédios

Já se o paciente apresenta muita dor, além do cansaço constante, é provável que o problema seja nas artérias e não nas veias. A deficiência na circulação arterial provoca a falta de oxigênio e nutrientes no sangue para irrigar os tecidos.

Nesse caso, a sensação de cãibra nas pernas, principalmente durante exercícios físicos, é bastante comum. Quando o cansaço constante vem acompanhado de falta de ar, pode ser sinal de doença cardíaca.

Devido à dificuldade do coração em bombear o sangue para todos os órgãos, outros sintomas que podem surgir são inchaço nas pernas, indisposição, dificuldade de dormir devido a problemas respiratórios, perda de apetite e memória fraca.

Como tratar e prevenir os problemas

Leia também:  O que a dieta tem a ver com a inflamação?

Problemas nas artérias e veias podem ser prevenidos e até mesmo controlados com mudanças nos hábitos do dia a dia. Parar de fumar, controlar o colesterol e triglicerídes, praticar exercícios aeróbicos ou caminhadas regularmente, controlar a pressão arterial, diabetes e doenças associadas são alguns dos cuidados.

Em caso de varizes, a cirurgia costuma ser o procedimento mais indicado para tratar o problema. Se necessário, o paciente também pode utilizar medicamentos para aliviar a dor e o cansaço constante.

Quando os sinais indicam doença cardíaca, é importante procurar um médico o quanto antes, para que seja feito o diagnóstico correto e indicado o melhor tratamento para evitar complicações.

E você, sofre de cansaço constante nas pernas? Conte para a gente! Também aproveite para acessar e conhecer o Fórum de Discussão Doutíssima! Clique aqui para se cadastrar!

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.