Foto: Ilustrativa
Acne Foto: Ilustrativa

Doença que assola grande parte da população, maioria adolescentes, mas não só estes, ainda traz dúvidas, insegurança e baixa autoestima para aqueles que a tem e os que temem a ter.

O aparecimento exorbitante de espinhas e cravos (Acne) está relacionado a atividade e entupimento das glândulas sebáceas presentes no corpo.

O rosto e costas são áreas já popularmente conhecidas como grandes detentoras de glândulas demasiadamente ativas sendo, então, estas os alvos principais do aparecimento da Acne.

Como evitar a Acne?
Visto que a atividade das glândulas sebáceas está sujeita ao descontrole hormonal e o entupimento está a inflamações na pele e condições da mesma, é possível evitar ou amenizar a Acne com base em uma dieta que exclua substâncias de má influência sobre o tecido epitelial.

5 Alimentos que causam acne – Veja de quais alimentos você deve fugir!
Alimentos industrializados contém substâncias que acumulam gordura ruim no corpo rapidamente provocando inflamação na pele e, como podem tornar a aparência desagradável, causam também estresse e tristeza desregulando os hormônios.

Leia também:  Dia de Luta contra Queimaduras: como evitar e tratar

A procrastinação que alimentos difíceis de serem digeridos ocasiona pode levar a uma rotina não saudável tornando o metabolismo lento e a imunidade baixa.

Logo, a oleosidade da pele aumentará e os níveis hormonais ficarão instáveis.

chocolate
Foto: Reprodução / Internet

O chocolate

Há muito tempo o chocolate está relacionado ao surgimento de espinhas e cravos na sociedade. O consumo do chocolate não é o grande culpado.

Na realidade, a presença de cacau pode ter efeito antioxidante (o chocolate amargo detém esse benefício). O problema começa quando as variações do produto vão ganhando mais traços de leite e açúcares.

Esses ingredientes acumulam gordura rapidamente e fornecem energia para a produção do sebo. Atente-se a produtos que possuem composição semelhante.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

“Fast-foods”

Não só possuem muitas calorias, como também gorduras animal, vegetal e hidrogenada. Todos os tipos de gordura inflamam células e órgãos.

A gordura hidrogenada é a mais temida, pois ela entope os vasos sanguíneos aumentando o colesterol ruim e impedindo o colesterol bom de ser absorvido.

Leia também:  O revés das dietas sem glúten
Foto: Ormuzd Alves
Foto: Ormuzd Alves

Massas

As massas contém gorduras ruins, incluindo a trans, açúcares e um aditivo alimentar altamente prejudicial para a saúde, o glutamato monossódio. Este funciona como um ressaltador de sabor.

Quando consumido, faz com que o cérebro deseje ter mais do alimento. Estudos realizados usando animais de laboratório comprovam a toxicidade do aditivo, mas ele é tido como seguro em determinadas quantidades.

Contudo, agregar o glutamato monossódio aos alimentos é tornar pessoas potencialmente dependentes dos tais.

cerveja bebida alcoolicaÁlcool

Bebidas e comidas alcoólicas contém muito açúcar. Substâncias tóxicas também estão inclusas. Tanto é que sua toxicidade promove, quando consumido sem moderação, reação inflamatória no fígado.

Alimentos ricos em ômega 6

O ômega 6 também é um dos alimentos que causam Acne, ele é um ácido graxo poli-insaturado que, combinado proporcionalmente com o ômega 3, se torna antioxidante no organismo.

Porém, atualmente, comidas cheias de ômega 6 ganham a culinária com principal área de atuação o Ocidente. Como:

Leia também:  Extrato de tomate pode barrar câncer de estômago

Óleos vegetais (como girassol, soja, canola)
Ovos
Carnes (brancas e vermelhas)
Sementes (como linhaça e girassol)
Nozes

Como reverter a Acne
Alimentar-se de forma saudável, preferindo alimentos orgânicos, com baixo índice glicêmico, baixos níveis de mau colesterol (LDL), ajuda a prevenir que haja alteração nas taxas de hormônios e reações inflamatórias no corpo.

Não há estudos aprofundados que liguem diretamente uma dieta ao aparecimento da acne. Porém, consumir vitaminas, carboidratos complexos, fibras e sais minerais é importante não só para a boa aparência da pele, mas para o bom funcionamento do organismo em geral.

Além disso, para ver-se livre de espinhas e cravos não deve-se aplicar produtos de origem oleosa nas áreas citadas ao longo do texto, dar atenção especial à ingestão de vitamina A que faz a manutenção do tecido da pele e evitar o estresse constante.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.