Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

O ex-jogador de futebol Wellson de Barros Moura, conhecido como ‘Vovô’, foi preso em Goiânia, após quase 10 anos foragido da Justiça. Segundo a Polícia Civil, ele responde pelo roubo a uma revendedora de veículos em Campo Grande (MS), ocorrido em 2002. Atualmente, ele é empresário e atua como personal trainer.
(Correção: O G1 errou ao divulgar com base em informações da Polícia Civil que Wellson Barros Moura responde por latrocínio. Na verdade, ele foi condenado por roubo com emprego de arma de fogo. A informação foi corrigida às 12h52 desta quarta-feira [13]).

Conforme a Polícia Civil, na época, ele foi indiciado pelo crime de roubo com emprego de arma de fogo e respondeu em liberdade ao processo. Após o fato, o atleta se mudou para a Espanha para jogar futebol.
Moura retornou ao Brasil em 2004, quando foi preso devido a um mandado de prisão preventiva. No entanto, segundo a polícia, ele fugiu em junho de 2006 do Complexo Prisional de Campo Grande.
Segundo a investigação, inicialmente, ele seguiu para São Bernardo do Campo (SP). Só depois se mudou para Goiás, onde foi preso na segunda-feira (11). Moura está sob tutela do Estado de Goiás e à disposição da Justiça do Mato Grosso do Sul.

Leia também:  Advogado negro passa por constrangimentos por ser impedido de entrar em boate de Curitiba
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.